Casando em tempos de crise

A crise econômica no Brasil é um fato, está visivelmente estampada nas prateleiras dos supermercados, nas ruas, na mídia, no comércio, nas residências e claro, nas festas de casamentos.

Mas, não é por isso que você vai deixar de realizar um sonho e fazer do dia do seu casamento o mais esperado e sonhado.

Vamos aproveitar a oportunidade e atiçar a  criatividade, é o momento de inovar e apostar em boas ideias.

 

Vou listar algumas dicas para você se inspirar e não desistir de sua festa:

 

  • Contar com o auxilio de um ótimo profissional de assessoria e cerimonial. Ele vai buscar parceiros sólidos e que não os deixarão “na mão” e fazer um eficiente RSVP (confirmação de convidados) para que os noivos não paguem por convidados que não comparecerão na festa.
  • Reduzir a lista de convidados é a primeira solução, os denominados Mini Wedding estão super em alta.
  • Para quem não faz questão de um modelo exclusivo de vestido, vale a pena pesquisar por modelos de locação, ou restaurar o vestido da mãe, ou ainda, importar da China.
  • Realizar a cerimonia religiosa com efeito civil reduzindo o custo do Juiz de Paz.
  • Muita atenção na escolha do local da festa, são vários pontos para analisar, muitos locais compensam na decoração, nas mobílias, e no valor da alimentação.
  • Para quem não faz questão de um casamento tradicional, pode-se optar entre bolo ou bem-casados.
  • Convites eletrônicos elaborados pelos noivos podem ser uma ótima opção ou, unificar grupos e famílias e entregar apenas um convite.
  • Noivas, mães e madrinhas podem ajudar na confecção de lembrancinhas e em elementos especiais e únicos para a decoração como: almofadas, trilhos de mesas, jogos americanos, porta-retratos, adereços de guardanapos, entre outros.
  • Escolher flores da estação e mesclar os arranjos com plantinhas verdes naturais, ou velas e candelabros.
  • Dispor de mobiliários e peças decorativas da família que possam ser usados na festa.
  • Buscar por pacotes fotográficos mais econômicos, um álbum menor  com menos fotos, pode ser uma opção.
  • Escolher um bom DJ ao invés de músicos ao vivo, pode ser bem econômico.
  • Substituir o vídeo clipe, por um mural de fotos contando a historia do casal, você economiza no equipamento de imagem (telão, TV, painel) e na criação do vídeo.

 

Indiferente de qual seja o seu orçamento, liste prioridades e faça um ótimo planejamento,  se você não abre mão de algum item, tente economizar em outro.

 

Leia também nosso post  Quanto custa uma festa de casamento?

http://www.claudiaboeira.com.br/2011/07/quanto-custa-uma-festa-de-casamento/

Um beijo

Cláudia Boeira

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *